Este site foi descontinuado, as informações aqui inseridas estão desatualizadas, ultima atualização 04 de janeiro 2018.


Paisagismo do Campus Bagé
Ter, 18 de Novembro de 2014 23:08

No final da semana passada, efetivou-se uma proposta plantio de mudas de árvores, organizada por servidores do Campus. A iniciativa surgiu como uma intervenção mediadora.

De um lado, a proposta multicampi da Reitoria parte de conhecimentos da Arquitetura e atualmente está produzindo um planejamento amplo, ou seja, destinado aos dez municípios. Do outro lado, ações individuais isoladas (muitas vezes anônimas) de plantio têm ocorrido no Campus Bagé, muito provavelmente em vista do anseio da comunidade pela resolução dos diversos problemas infra-estruturais, sendo um deles a falta de arborização.

“Várias das mudas plantadas nos últimos meses morreram, por serem de espécies inadequadas à região, ao tipo de solo, grau de umidade, dentre outros fatores”, explica Vanessa Rosseto, que tem formação em Biologia e atua no laboratório de Engenharia Química do Campus. “É um trabalho posto fora, e não resolve coisa alguma. Muitas pessoas nos falam que querem doar mudas, mas o que precisamos é de um plantio organizado, a partir do estudo adequado das condições reais. E precisamos de ajuda na atividade do plantio mesmo, além da manutenção da irrigação, que deve ser realizada apenas em horários sem inciência da luz do Sol (após 20:00).”

Esse estudo foi realizado e finalizado na forma de um croquí, a partir do conhecimento em Biologia e Botânica da Vanessa e de outra técnica da Reitoria, Ketleen Grala, também bióloga.
As espécies foram selecionadas mediante o critério de adaptação às áreas disponíveis para plantio, floração, porte e atração de avifauna. Para a área de estacionamento, foram escolhidas espécies de crescimento rápido, considerando a carência de sombreamento para aquele local. A equipe de funcionários terceirizados abriu as covas ao longo de áreas, onde se sabe que não haverá construções futuramente. Parte das mudas foram doadas pela Cia Riograndense de Mineração (CRM) e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAM) de Candiota, que produzem mudas de árvores nativas para recuperação ambiental. O contato foi realizado pelas duas técnicas administrativas. E haverá nova doação do Horto Municipal de Bagé.



“Mediar conflitos e buscar melhorias através de soluções práticas é uma das funções da Psicologia Social”, explica Giovani Andreoli, do Núcleo Universitário de Cultura, Lazer, Esportes e Ofícios. “Muita gente ainda pergunta qual o significado da última palavra na sigla N.U.C.L.E.O. Pois bem, acho que agora pode ficar mais claro: paisagismo como intervenção na saúde coletiva não se enquadra como Lazer ou Cultura, muito menos Esporte. Nada seria possível sem o trabalho de manutenção e obras e da logística de transporte dos funcionários terceirizados, que é coordenado pelos servidores destes setores, e que são ofícios fundamentais para sustentar ambientes objetivos nos quais desenvolvemos a tal subjetividade da qual falamos na Psicologia.”

Quem desejar ajudar no prosseguimento do plantio e na manutenção da irrigação pode procurar a equipe na sala do N.U.C.L.E.O. (junto à Secretaria Administrativa do Campus) ou enviar mensagem para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.



 

 


Escrito por: Giovani Andreoli
 



UNIPAMPA - CAMPUS BAGÉ
Endereço: Avenida Maria Anunciação Gomes de Godoy, n°1650 - Bairro Malafaia - Bagé - RS - CEP: 96413-172
Telefone Campus: (53) 3240-3600 - Secretaria Acadêmica: (53) 3240-3601 - Biblioteca:  (53) 3240-3605 - Nude:  (53) 3240-3604